Faça uma busca no site:

Participe do nosso grupo no Telegram

  • Redação GestordeMarketing

Por que comecei a trabalhar com Marketing Digital

(... e o que me levou ao sucesso neste mercado.)

por: Olimpio Araujo Junior | GestordeMarketing

Muitas pessoas começam nesta área por serem convencidos que é uma oportunidade de ganhar dinheiro fácil, outras por acreditarem que vão ter mais tempo livre, trabalhando pouco e ganhando muito. Algumas tem motivações mais nobres, como poder ficar mais tempo com seus filhos, realizar outras atividades em seu tempo livre, etc.


Em momentos de crise como estamos passando, muitos iniciam no mercado digital simplesmente por necessidade, apesar de não ter nenhum preparo ou conhecimento sobre a área.


Então, voltando no tempo (lá em 1999, quando comecei neste mercado), percebi que o que me motivou foi o prazer de trabalhar em algo que eu gostava. Apenas isso.


Não tive motivos nobres ou ambiciosos, não tive grandes pretensões ou expectativas, também não tive nenhuma “grande revelação”. Apenas a individual e talvez até um pouco egoísta motivação de trabalhar em algo por prazer.


Entre 2000 e 2001 aconteceu a maior crise do mercado digital até hoje, a chamada “bolha da internet “. Entre 1994 até 2000 houve um crescimento muito grande das empresas chamadas na época de "ponto com" ou "dot com" (as startups da época).


A combinação do rápido aumento dos preços das ações dessas empresas de forma artificial, confiança de mercado que as mesmas depositaram em lucros futuros, falta de preparo, baixas vendas, entre outros fatores, criou um ambiente que levou uma grande queda da bolsa de valores em 10 de março de 2000 (Nasdaq). Ao longo de 2000, “a bolha” se esvaziou rapidamente, e, já no início de 2001, muitas empresas "ponto com" já estavam em processo de venda, fusão, redução ou simplesmente quebraram e desapareceram.


Nessa época eu fazia faculdade de “Bacharelado em Geografia”, e me preparava para trabalhar com gestão ambiental. Como eu escrevia para vários jornais sobre esse tema, resolvi criar um site para publicar e divulgar meus artigos e fortalecer meu nome naquele mercado que desejava atuar.


Um ponto importante que preciso ressaltar é que passei alguns anos praticamente sem ganhar nada com meu trabalho. As formas de monetizar o trabalho pela internet era limitado, menos de 3 milhões de pessoas tinham acesso à internet em nosso país, a conexão era discada, muito cara é muito ruim. Naquela época vender qualquer coisa pela internet era um desafio, não existiam "programas de afiliados" e a renda do meu site vinha basicamente da venda de alguns banners.


Mas como falei anteriormente, eu trabalhava por prazer, e não por dinheiro. E isso me "catapultou" rapidamente neste mercado, já que a maioria das pessoas não acreditava que a internet tivesse futuro ou acreditava que era algo para um futuro muito distante. Porém, quando as oportunidades apareceram eu era um dos poucos que estavam preparados.


Poucos anos depois comecei a ser procurado por empresários pedindo orientações, pedindo ajuda em seus projetos. Comecei também a ser convidado para ministrar palestras em universidades (e nessa época eu nem tinha concluído a graduação, na verdade havia acabado de iniciar a faculdade de "Geografia").


Não demorou para que eu percebesse que estava entrando em um grande mercado, e que aquilo podia se tornar uma profissão rentável, porém, só eu acreditava nisso. Enfrentei família, amigos que debochavam do tempo que eu investia nisso, desconhecidos que me olhavam como um nerd maluco falando coisas sem sentido sobre um tal de "Webmarketing" (termo que era usado na época para "Marketing Digital).


Em torno de 2004 o mercado digital já estava em alta novamente. Ninguém mais lembrava da “bolha”, e os olhos de empresários e investidores se voltavam novamente para a web, mesmo com todas as limitações da época.


Acreditar nesse mercado mesmo nos piores momentos, ser perseverante e me manter firme em meu propósito nas últimas duas décadas me fez alcançar o que muitos podem considerar uma carreira de sucesso.


Alguns milhares de alunos depois, centenas de consultorias, centenas de palestras e cursos presenciais e alguns milhões de reais em faturamento, posso encerrar este texto afirmando:

"Não é o que você faz que gera seus resultados, é "porque você faz".


Refletindo melhor, percebi que foi este prazer em fazer o que faço que me levou ao sucesso que nunca planejei ter (ou o que considero como sucesso para mim).


Descobri que não existe nada como você acordar todos os dias motivado para fazer o que gosta, trabalhar o dia todo sem perceber que está trabalhando, pois para mim isso nunca foi trabalho.

Se você não tiver a motivação correta, se fizer algo simplesmente pelo dinheiro que vai ganhar, não vai alcançar o sucesso nunca. Pois sucesso não é ganhar dinheiro, sucesso é ser feliz fazendo o que você gosta e se sentindo realizado.


O dinheiro é consequência de um trabalho bem feito e do reconhecimento das pessoas por isso, por isso, não desperdice sua vida atrás de dinheiro. Gasta cada minuto da sua vida transformando seus sonhos em realidade.


Seja persistente e resista aos desafios, pois serão muitos. Procure coisas que lhe dão prazer e transforme isso em seu trabalho, e você verá que o resultado acontecerá naturalmente.


Leia Também: Você acha que está velho para iniciar um negócio digital?






141 visualizações

Assine nosso canal no Youtube!

Banner Manual de Consultoria.png
banner the digital marketing book.png