Faça uma busca no site:

freelas 2.png

Participe do nosso grupo no Telegram

  • Redação GestordeMarketing

Falha permite funcionários da Apple ouvir conversas e casais fazendo sexo.

Funcionários da Apple podem ouvir pela Siri conversas, casais fazendo sexo, além de ter acesso a dados do usuário.


Cada vez mais comum e presente em iPhone, Apple Watch e HomePod, a Siri é uma assistente virtual por comando de voz que auxilia o usuário em diversas tarefas. Porém, o que deveria ser um recurso privado, pode estar expondo em partes quem utiliza o app. Segundo revelação de um funcionário terceirizado da Apple, as suas conversas podem estar sendo ouvidas pelos funcionários da Apple. A notícia viralizou depois que esse funcionário terceirizado falou sobre o assunto para o jornal The Guardian.


De acordo com suas informações, uma equipe de funcionários terceirizados responsáveis por detectar falhas técnicas tem acesso a trechos de áudio capturados pelo iPhone, Apple Watch e HomePod. Esses áudios muitas vezes tem todo tipo de informações, como conversas entre médico e paciente, negociações, compra de drogas e pessoas fazendo sexo. Além disso, o conteúdo vem acompanhado da localização, detalhes do contato e dados de aplicativos usados pelo dono do aparelho.

A empresa confirmou ao The Guardian as informações, e afirmou que os funcionários tem acesso a uma quantidade pequena de áudio da Siri que representariam menos de 1% de tudo o que a assistente captura. Também nega que seja possível identificar os usuários por meio das gravações e que as solicitações da pessoa não estão associadas ao Apple ID do usuário.

De acordo com a nota enviada pela Apple:“Uma pequena parte dos comandos feitos à Siri é analisada para melhorar a assistente e a função de ditado. As respostas da Siri são analisadas em instalações seguras e todos os revisores estão sob a obrigação de aderir aos requisitos rigorosos de confidencialidade da Apple”,

O funcionário informou também que a empresa não pede detalhes sobre o que foi ouvido nos áudios e que, a única ação é enviar um relatório sobre uma possível falha técnica, se a assistente foi ou não ativada sem querer. 

Nos termos de uso da Apple, a empresa afirma que os dados capturados pela Siri podem ser usados para ajudar a assistente, a aprimorar o ditado e a reconhecer melhor o jeito que o usuário fala. No entanto, ela não deixa claro que outras pessoas podem ouvir trechos de gravações nesse processo.


Leia Também:

- Como dobrar seus resultados no Facebook Ads

- Instagram e Whatsapp vão mudar de nome

- WhatsApp poderá funcionar sem conexão com a internet?

- Whatsapp libera pagamentos pelo app

- Como ler mensagens apagadas no Whatsapp

- Facebook é condenado a pagar US$ 5 bilhões de multa

174 visualizações

Assine nosso canal no Youtube!

Banner Manual de Consultoria.png
banner the digital marketing book.png